EQUAÇÕES LITERAIS


EQUAÇÃO LITERAL é uma equação caracterizada pela existência de uma ou mais letras, num dos membros ou em ambos, para além da incógnita ou variável. A resolução de uma equação literal consiste em determinar a solução, através das regras práticas para a resolução de equações:

1 - Transformam-se os membros da equação, desembaraçando-se de parêntesis se existirem, aplicando a propriedade distributiva da multiplicação;

2 - Desembaraçam-se de denominadores se existirem, determinando o m.m.c.;

3 - Passam-se todos os termos que contém a incógnita para um dos membros e os que não contém a incógnita para o outro membro, aplicando a regra da adição (os termos que mudam de membro mudam de operação, ou seja, mudam de sinal);

4 - Efectuam-se os cálculos em cada um dos termos, simplificando a equação;

5 - Determina-se o valor da incógnita, por aplicação da definição de quociente (passando o valor que multiplica pela incógnita para o outro membro a dividir);

6 - Simplificar a solução encontrada, quando possível.

Nota que não deves seguir esta ordem em todos os casos, deves escolher por ti próprio o caminho mais conveniente, conforme o caso.


EXEMPLOS:

1:

desembaraçar de parêntesis
desembaraçar de denominadores
termos com a incógnita para o primeiro membro
simplificar, efectuando os cálculos necessários
escrever x em função de y
ou

EXERCÍCIOS:

1. Resolva, em ordem a x, as seguintes equações literais:

1.1) 1.2) 1.3)
1.4) 1.5) 1.6)

2. Resolva cada uma das seguintes equações, em ordem à letra indicada dentro de parêntesis:

2.1) (t) 2.2) (I) 2.3) (m)
2.4) (C) 2.5) (s) 2.6) (h)

3. Dada a equação literal:

a) Resolva a equação em ordem a x

b) Determine o valor de x, se e .


| Voltar ao índice|

ã 1993-99, Jorge Lagoa - Escola Secundária Josefa de Óbidos